Canvas Cognitivo 2.0 e a metodologia

A metodologia do CANVAS COGNITIVO surgiu em meados de 2018 com o objetivo de criar uma metodologia objetiva e profissional para desenhar projetos de inteligência artificial nas organizações.

De uma forma didática o Canvas Cognitivo é uma ferramenta de uma metodologia mais ampla para mapear e alinhar projetos de IA à estratégia da empresa, conforme figura abaixo:

O processo consultivo contempla portanto:

1.Entendimento da empresa / produtos (AS IS)

2.Análise do setor, cenários, concorrência

3.Elicitações — Entrevistas com pessoas chaves nas áreas com foco em suas necessidades, dores, problemas, oportunidades, riscos atuais e futuros

4.Identificação de casos de uso para cada área

5.Mapeamento dos casos de uso com o Canvas Cognitivo

6.Análise e priorização dos projetos de IA tendo em vista: custos, complexidade, benefícios e alinhamento estratégico

7.Mapeamento dos projetos na matriz: Complexidade x Benefícios

8.Definição do roadmap de projetos de IA

9.Apresentação executiva

10.Aprovação / execução dos projetos

Basicamente o Canvas Cognitivo em si é usado para mapear os casos de uso levantados, que serão analisados sobre os aspectos de custos, benefícios, complexidade e alinhamento ao negócio para geração de um Roadmap final com a proposta de projetos de IA para a corporação.

Em sua versão 2.0, o canvas cognitivo se apresenta conforme figura abaixo, na versão simplificada:

Um exemplo de um caso de uso para contato com pacientes agendados e previsão de comparecimento dele na clínica/hospital:

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: